Os autores dos dois primeiros contributos para o debate antecipam os tópicos que vão abordar na tertúlia-debate «1870-2010 - Lénine, a questão da paz e a resistência antifascista portuguesa», que a Associação Iúri Gagárin leva a cabo, em parceria com a Biblioteca-Museu República e Resistência, na próxima quinta-feira, das 17.30 às 20 horas.

Armando Myre Dores, sob o tema “A luta pela paz na resistência antifascista”, tratará:

- A origem do movimento mundial da paz,
- O movimento da paz em Portugal,
- Solidariedade com o povo coreano perante a agressão do imperialismo americano (1950-52),
- A luta contra a reunião do conselho do Pacto de Atântico em Lisboa (1952),
- O julgamento da comissão central do MND (Ruy Luís Gomes, Virgínia Moura, José Morgado, Albertino Macedo) pela sua posição contra o Pacto do Atlântico (Maio de 1952),
- A questão de Goa e a luta pela autodeterminação dos povos (1954).

A NATO hoje e a Cimeira de Lisboa” é o tema que Gustavo Carneiro concretizará nestes tópicos:

- História e natureza da NATO,
- Submissão e resistência, duas faces da participação de Portugal na NATO,
- Objectivos da cimeira (alargamento da guerra no Afeganistão, instalação do sistema anti-míssil e a revisão do conceito estratégico da NATO),
- A Campanha «Paz Sim! NATO Não!»,
- A manifestação de 20 de Novembro.

O Prof. Eduardo Chitas, do Conselho de Presidência da Associação Iúri Gagárin, será o moderador e fará uma primeira intervenção sobre “A obra de Lénine e a luta pela paz”.

 

Tertúlia-debate a 11 de Novembro

lenine paz resistencia«1870-2010 - Lénine, a questão da paz e a resistência antifascista portuguesa» é o tema da iniciativa inédita que vai ter lugar no dia 11 de Novembro, quinta-feira, em Lisboa, na Biblioteca-Museu República e Resistência.
Ler mais...